A rocha demanda um investimento alto. Em média, os preços do m² começam em R$ 300, mas variam de acordo com a cor e o tipo. O valor depende também da exclusividade do mármore escolhido, podendo chegar a mais de R$ 1.500 para peças importadas e mais raras, como o grego Branco Thassos. Também nesse ponto, revestimentos que reproduzem o mármore podem ser uma boa pedida! Independentemente de qual você escolher, selecionamos as seis melhores dicas de como aproveitar a beleza e as características do material e garantir ótimos resultados na decoração. Confira:

1. COMBINE CORES E TEXTURAS

Se quiser deixar o ambiente ainda mais charmoso, mescle o uso do material e de outras pedras nobres para criar um ar sofisticado. Aposte, por exemplo, em cores claras, como o mármore Carrara ou Crema Marfil, com pedras mais chamativas — mármore Calacata e o Marrom Imperial, por exemplo. Mas lembre-se de harmonizar a paleta de cores e evitar tons e texturas conflitantes. Assim, o ambiente não fica carregado demais.

2. DÊ DESTAQUE AO MÁRMORE

Em projetos menores ou mais econômicos, invista no mármore como peça central da decoração. Dessa forma, além de assegurar o uso da peça como acabamento de luxo, o projeto ainda tem um alicerce principal para facilitar futuras combinações. Em salas, o revestimento de lareiras e painéis com o mármore deixa o ambiente muito elegante e com estética imponente. Já em banheiros e cozinhas, o destaque pode vir de bancadas e pias, por exemplo. Consequentemente, mesmo com móveis e revestimentos mais simples, o ambiente continua belo e em evidência.

3. EXPLORE NOVAS POSSIBILIDADES

O mármore é muito versátil, por isso pode ser aproveitado de diversas maneiras em toda a casa. Uma alternativa inovadora é usá-lo em paredes e móveis, por exemplo. Outra tendência é aplicar pequenas peças em formato hexagonal, criando uma geometria semelhante à de uma colmeia. O mármore deixa essa estética ainda mais elegante e única. É interessante também a ideia de investir em mesas inteiramente de mármore, tanto as de jantar quanto as de centro e criados-mudos. As possibilidades são muitas, pois as peças podem ser redondas ou quadradas, grandes ou pequenas, e ainda ter o tampo em qualquer tipo de mármore.

4. APOSTE EM DETALHES

O mármore chegou também para os itens de decoração. Acompanhando uma estética mais minimalista, eles prometem trazer toda a expressividade e singularidade da pedra em detalhes e pequenos objetos que complementam o ambiente. Os mais encontrados são luminárias, bandejas, prateleiras, quadros e vasos para plantas. Mas o material também marca presença em relógios, caixinhas, pratos decorativos e em muitas outras opções.

5. REPRODUZA A ESTÉTICA DO MÁRMORE EM OBJETOS

Também existe a possibilidade de reproduzir a beleza dos veios naturais em artigos inusitados. Bons exemplos dessa opção são os tecidos, plásticos e papéis de parede que simulam a estampa das pedras. Dessa forma, almofadas, cadernos, roupas de cama e até capas de celular podem aproveitar as características visuais do mármore!

6. PROCURE REVESTIMENTOS QUE SIMULAM O MÁRMORE

Como já mencionamos, existem revestimentos reproduzem a rocha, garantindo a beleza do mármore e ainda acrescentando outras qualidades. O porcelanato, por exemplo, é considerado um dos melhores revestimentos para pisos, bancadas e paredes. Pode ser aplicado em áreas externas ou internas, úmidas ou secas. Entre as suas principais características, estão: alta resistência, baixa absorção de água, limpeza e manutenção fáceis, preço acessível e versatilidade. Os porcelanatos ainda podem ser encontrados com diversas texturas, padrões e espessuras, inclusive em modelos nobres que simulam com perfeição vários tipos de mármore, como o Carrara, o Calacata, o Gris Armani e o Nero Marquina.